Off-topic

Debates e opiniões em português

Moderators: leofer40, Castanhola

User avatar
Castanhola
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 5367
Joined: Sat May 27, 2006 11:47 pm
Location: Coimbra, Portugal
Contact:

Post by Castanhola » Mon Feb 18, 2008 9:58 pm

diogocanilho wrote:Desde o encontro de Matosinhos, onde o FANTAS me disse que havia um episódio do Gato Fedorento que fazia menção ao EBT (penso que por meio do Imviterbo) que ando à procura desse episódio! E não é que o encontrei! http://br.youtube.com/watch?v=gpk_iSTNWQk O episódio chama-se "Chatanato"... No minuto 1.40 :P
É verdade, mas isso já aqui foi falado no fórum. Se procurares logo encontras. Até há um tópico com esse nome, embora só tenha a versão mp3. Mas parece que isso voltou a ser passado recentemente na televisão. Hoje um colega de trabalho disse-me que o viu recentemente...

User avatar
rui oeiras
Euro-Master in Training
Euro-Master in Training
Posts: 861
Joined: Fri Feb 18, 2005 12:46 pm
Location: oeiras

Post by rui oeiras » Mon Feb 18, 2008 10:43 pm

ola,
ainda ontem deu na rtp á noite numa das muitas repetições q costumam dar,
o chatanato é que não tinha assim tantos chatos :wink:

User avatar
suntzu
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 3620
Joined: Tue Jul 03, 2007 7:44 pm

Muito Off-Topic - Encomendar uma pizza em 2009

Post by suntzu » Tue Feb 19, 2008 12:01 pm

Encomendando uma Pizza em 2009
após a implementação do novo Cartão Único (CU) que o governo quer fazer aprovar para substituir o Bilhete de Identidade, Segurança Social, Contribuinte, etc :

- Telefonista: Pizza Hot, boa noite!

- Cliente: Boa noite, quero encomendar pizzas...

- Telefonista: Pode-me dar o seu NIN?

- Cliente: Sim, o meu Número de Identificação Nacional é 6102-1993-8456- 54632107.

- Telefonista: Obrigada, Sr. Lacerda. Seu endereço é Av. Paes de Barros 1988,
ap. 52 B, e o número de seu telefone é 5494-2366, certo?
O telefone do seu escritório da Lincoln Seguros é o 5745-2302
e o seu telemóvel é 962662566 .

- Cliente: Como é que você conseguiu essas informações todas?

- Telefonista: Nós estamos ligados em rede ao Grande Sistema Central.

- Cliente: Ah, sim, é verdade! Eu queria encomendar duas pizzas uma
quatro queijos e outra calabresa...

- Telefonista: Talvez não seja uma boa ideia...

- Cliente: O quê?

- Telefonista: Consta na sua ficha médica que o Sr. sofre de hipertensão
e tem a taxa de colesterol muito alta. Além disso, o seu
seguro de vida proíbe categoricamente escolhas perigosas
para a sua saúde.

- Cliente: É, tem razão! O que você sugere?

- Telefonista: Por que é que o Sr. não experimenta a nossa pizza
Superlight, com tofu e rabanetes? O Sr. vai adorar!

- Cliente: Como é que você sabe que vou adorar?-

- Telefonista: O Sr. consultou o site Recettes Gourmandes au Soja da
Biblioteca Municipal, dia 15 de janeiro, às 14:27h,
onde permaneceu ligado à rede durante 39 minutos.
Daí a minha sugestão...

- Cliente: OK, está bem! Mande-me duas pizzas tamanho familiar!

- Telefonista: É a escolha certa para o Sr., sua esposa e seus 4 filhos,
pode ter certeza.

- Cliente: Quanto é?

- Telefonista: São 49,99.

- Cliente: Você quer o número do meu cartão de crédito?

- Telefonista: Lamento, mas o Sr. vai ter que pagar em dinheiro.
O limite do seu cartão de crédito foi ultrapassado.

- Cliente: Tudo bem, eu posso ir ao Multibanco levantar dinheiro
antes que chegue a pizza.

- Telefonista: Duvido que consiga, o Sr. está com o saldo negativo no banco.

- Cliente: Meta-se na sua vida! Mande-me as pizzas que eu arranjo o dinheiro.
Quando é que entregam?

- Telefonista: Estamos um pouco atrasados, serão entregues em 45 minutos.
Se o Sr. estiver com muita pressa pode vir buscá-las, se bem que
transportar duas pizzas na moto não é aconselhável,
além de ser perigoso...

- Cliente: Mas que história é essa, como é que você sabe que eu vou de moto?

- Telefonista: Peço desculpas, mas reparei aqui que o Sr. não pagou
as últimas prestações do carro e ele foi penhorado.
Mas a sua moto está paga, e então pensei que fosse utilizá-la.

- Cliente: @#%/§@&?#§/%#!!!!!!!!!!!!!

- Telefonista: Gostaria de pedir ao Sr. para não me insultar... Não se esqueça
de que o Sr. já foi condenado em Julho de 2006 por desacato
em público a um Agente Regional.

- Cliente: (Silêncio).

- Telefonista: Mais alguma coisa?

- Cliente: Não, é só isso... Não, espere... Não se esqueça dos 2 litros
de Coca-Cola que constam na promoção.

- Telefonista: Senhor, o regulamento da nossa promoção, conforme citado
no artigo 095423/12, proíbe a venda de bebidas com açúcar
a pessoas diabéticas...

- Cliente: Aaaaaaaahhhhhhhh!!!!!!!!!!! Vou-me atirar pela janela!!!!!

- Telefonista: E torcer um pé? O Sr. mora no rés-do-chão !!!!!!
:flag-pt: :flag-fi: :flag-fr: :flag-si: :flag-nl: :flag-de: :flag-at: :flag-es: hitting since March 2007
Anti-Stress Game

User avatar
diogocanilho
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 3328
Joined: Tue Dec 12, 2006 12:42 pm
Location: Mealhada, Portugal
Contact:

Post by diogocanilho » Wed Feb 20, 2008 11:33 am

diogocanilho wrote: Das notas de Euro que circulam em Portugal, apenas 30% são fabricadas no pais.

Nunca houve tão poucas notas de euro fabricadas em Portugal nas carteiras dos portugueses. Apenas 30% das notas em circulação continuam a ser produzidas em Portugal. Este valor apresenta-se como o mais baixo de sempre, ao observar o estudo feito por voluntários no sítio www.eurobilltracker.eu , comunidade que se dedica ao estudo da difusão das notas de euro pelo mundo.

Há seis anos atrás (2002, o ano de introdução da moeda única), este valor rondava os 95% e dois anos mais tarde (em 2004), apenas 55% das notas portuguesas continuavam no nosso pais.

Esta difusão explica-se através do turismo, das viagens e da natural circulação de pessoas e bens, sendo que a origem das restantes 70% das notas são sobretudo de origem francesa, alemã, grega e espanhola.

Para reconhecer a origem das notas de euro apenas tem que verificar o código curto das mesmas. Sendo que a letra "U" é referente a Portugal, a letra "R" da Alemanha, a"L" de França ou a letra "N" da Grécia. Este código indica o sítio onde essa nota foi fabricada. Os bancos nacionais de cada pais decidem entre si qual deles irá fabricar notas de determinado valor, e a difusão muda, também, devido a isso.
Malta, como é que é? Tá bom assim ou mudo mais alguma coisa? :roll:
Um abraço!

User avatar
Eureka.72
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 5757
Joined: Wed Jan 24, 2007 6:13 pm
Location: Vale de Cambra PORTUGAL

Post by Eureka.72 » Wed Feb 20, 2008 11:50 am

Por mim está tudo OK. :D
Joined: 17 October 2005; Notes entered: 128 024; Interesting hits: 378.
MY HITS 378 :flag-eu:; 340 :flag-pt:; 3 :flag-fr:; 3 :flag-fi:; 5 :flag-nl:; 5 :flag-be:; 6 :flag-es:; 2 :flag-it:; 9 :flag-de:; 2 :flag-si:; 3 :flag-at:
Não os apanho a todos, mas... tenho esperança de caçar os suficientes para garantir a minha... retirada. (JC)

User avatar
Castanhola
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 5367
Joined: Sat May 27, 2006 11:47 pm
Location: Coimbra, Portugal
Contact:

Post by Castanhola » Wed Feb 20, 2008 12:22 pm

Não quero complicar, mas tinha a ideia que em Portugal nunca foram produzidos todos os tipos de notas. Assim parece-me estranho o número de 95% em 2002. Sei que já se falou disso por aquio, mas não me dei ao trabalho de procurar. Afinal és tu o bibliotecário, o homem das pesquisas por excelência (excepto nos assuntos orientais, aí és batido aos pontos pelo suntzu)... A ideia que eu tenho é que em Portugal só foram produzidas notas pequenas. Se se produzissem no início todas as de 5€, 10€ e 20€ o número até faz sentido. Confirmaste esse número? Eu não...

Por outro lado, se falas de código curto parece-me que devias indicar a sua localização pelo menos num dos tipos de notas mais correntes. Assim aguças a curiosidade de quem lê o artigo, que provavelmente nunca reparou em tal coisa a vai logo procurá-lo numa nota. A explicação da localização podes encontrá-la na ajuda do EBT. Se não falares do assunto estás a dificultar a compreensão da notícia e provavelmente contribuir para o desinteresse de quem a lê. É uma opinião, claro...

Finalmente uma das principais razões para a quebra de que falas é a política de produção descentralizada adoptada nos últimos anos pelo BCE. Agora também é preciso ter o cuidado de não tornar a notícia demasiado pesada e com informação a mais. Continuação de bom trabalho...
Last edited by Castanhola on Wed Feb 20, 2008 12:55 pm, edited 1 time in total.

User avatar
diogocanilho
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 3328
Joined: Tue Dec 12, 2006 12:42 pm
Location: Mealhada, Portugal
Contact:

Post by diogocanilho » Wed Feb 20, 2008 12:55 pm

Das notas de Euro que circulam em Portugal, apenas 30% são fabricadas no pais.

Nunca houve tão poucas notas de euro fabricadas em Portugal nas carteiras dos portugueses. Apenas 30% das notas em circulação continuam a ser produzidas em Portugal. Este valor apresenta-se como o mais baixo de sempre, ao observar o estudo feito por voluntários no sítio www.eurobilltracker.eu , comunidade que se dedica ao estudo da difusão das notas de euro pelo mundo.

Há seis anos atrás (2002, o ano de introdução da moeda única), este valor rondava os 95% e dois anos mais tarde (em 2004), apenas 55% das notas portuguesas continuavam no nosso pais.

Esta difusão explica-se através do turismo, das viagens e da natural circulação de pessoas e bens, sendo que a origem das restantes 70% das notas são sobretudo de origem francesa, alemã, grega e espanhola.

Para reconhecer a origem das notas de euro apenas tem que verificar o código curto das mesmas. O código curto é uma pequena sequência de letras e números que pode ser encontrado na parte da frente das notas . Sendo que a letra "U" é referente a Portugal, a letra "R" da Alemanha, a"L" de França ou a letra "N" da Grécia. Este código indica o sítio onde essa nota foi fabricada. Os bancos nacionais de cada pais decidem entre si qual deles irá fabricar notas de determinado valor, e a difusão muda, também, devido a isso.

Alterei o que está a negrito!
Vou enviar isto ainda hoje... vamos lá ver qual é a aceitação dos órgãos de comunicação... :twisted:

User avatar
Castanhola
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 5367
Joined: Sat May 27, 2006 11:47 pm
Location: Coimbra, Portugal
Contact:

Post by Castanhola » Wed Feb 20, 2008 1:01 pm

Há algumas partes em que o português pode ser melhorado. Vou ver isso já de seguida e já aqui coloco o resultado...

Image *** WORKING *** Image

Pronto aqui vai a minha sugestão. Podes aproveitar ou não o que quiseres. Deixo ao teu critério. Tenho duas versões para a última frase. Pessoalmente gosto mais da vermelha... :mrgreen:

«Nunca houve tão poucas notas de euro fabricadas em Portugal nas carteiras dos portugueses. Apenas 30% das notas em circulação continuam a ser produzidas em Portugal. Este valor apresenta-se como o mais baixo de sempre, tendo sido obtido a partir do estudo feito por voluntários no sítio www.eurobilltracker.eu , comunidade que se dedica ao estudo da difusão das notas de euro pelo mundo.

Em 2002, o ano de introdução da moeda única, este valor rondava os 95%. Dois anos mais tarde apenas 55% das notas que circulavam no nosso país eram portuguesas. Esta evolução explica-se pela política de produção de notas adoptada pelo Banco Central Europeu e pela natural difusão devida ao turismo, à circulação de pessoas e bens, etc. As restantes notas que circulam em Portugal são sobretudo de origem francesa, alemã, grega e espanhola.

Para reconhecer a origem das notas de euro apenas tem que verificar o código curto das mesmas. O código curto é uma pequena sequência de letras e números que pode ser encontrado na frente das notas, no lado oposto ao dos números de série, mas que se encontra um pouco escondido. Procure uma sequência de letras e dígitos muito pequena do tipo U001A1. Na nota de 20 € ele encontra-se na estrela mais à esquerda, por exemplo.

A primeira letra do código curto indica onde a nota foi fabricada, estando a letra "U" reservada para notas impressas em Portugal, "R" para a Alemanha, "L" para a França e "N" para a Grécia. Actualmente encontra-se em funcionamento um sistema de produção descentralizada, em que os bancos centrais de cada pais decidem entre si qual deles irá fabricar notas de determinado valor. Actualmente encontra-se em funcionamento um sistema de produção descentralizada, em que o banco central de cada país é responsável pela produção de apenas um ou dois tipos de notas.»
Last edited by Castanhola on Wed Feb 20, 2008 1:52 pm, edited 2 times in total.

User avatar
Robick
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 2654
Joined: Sat Jan 13, 2007 8:16 pm
Location: Cantanhede/Coimbra - Portugal
Contact:

Post by Robick » Wed Feb 20, 2008 1:47 pm

Castanhola wrote:Há algumas partes em que o português pode ser melhorado. Vou ver isso já de seguida e já aqui coloco o resultado.
Será que sou eu que não estou a perceber. A difusão não se explica só pelo que está dito, mas também pelo facto dos bancos centrais encomendarem notas a outros países, para colocar em circulação. Acho que esta questão não está clara.

Podíamos também referir os casos concretos da notas de :note-5: serem essencialmente francesas e as de :note-10: gregas.
Robick
Seek a note, find a friend
Se achas que tens poucos hits é que porque não angariaste o suficente :-)
20 Angariados que registaram mais de 63000 notas e fizeram 240 hits
My p rofile

User avatar
Castanhola
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 5367
Joined: Sat May 27, 2006 11:47 pm
Location: Coimbra, Portugal
Contact:

Post by Castanhola » Wed Feb 20, 2008 2:21 pm

Penso que actualmente Portugal apenas produz notas de 20€. O que significa que todas as outras notas que aqui são colocadas em circulação pelo Banco de Portugal foram produzidas noutros países. Já agora referes-te a uma versão particular do texto ou às duas?

User avatar
Robick
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 2654
Joined: Sat Jan 13, 2007 8:16 pm
Location: Cantanhede/Coimbra - Portugal
Contact:

Post by Robick » Wed Feb 20, 2008 2:35 pm

Castanhola wrote:Penso que actualmente Portugal apenas produz notas de 20€. O que significa que todas as outras notas que aqui são colocadas em circulação pelo Banco de Portugal foram produzidas noutros países. Já agora referes-te a uma versão particular do texto ou às duas?
Refiro-me a esta última versão. Penso que há que distinguir difusão de entrada em circulação.

Notas de :note-5: alemães (algumas séries) ou francesas são sobretudo entrada em circulação. Se forem espanholas ou de outras nacionalidades, já são só resultado de difusão.

Acho que se devia distinguir no comunicado, estas duas situações de uma forma simples.
Robick
Seek a note, find a friend
Se achas que tens poucos hits é que porque não angariaste o suficente :-)
20 Angariados que registaram mais de 63000 notas e fizeram 240 hits
My p rofile

User avatar
Castanhola
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 5367
Joined: Sat May 27, 2006 11:47 pm
Location: Coimbra, Portugal
Contact:

Post by Castanhola » Wed Feb 20, 2008 3:00 pm

Robick wrote:Penso que há que distinguir difusão de entrada em circulação. Acho que se devia distinguir no comunicado, estas duas situações de uma forma simples.
Concordo e por isso coloquei no segundo parágrafo a informação da política de produção do BCE, que para mim será o factor mais importante, em princípio. Ou seja, a maioria das notas estrangeiras que cá circulam, foram cá colocadas em circulação pelo Banco de Portugal. A meu ver essa diferença, entre notas não portuguesas que cá foram colocadas em circulação e as que cá vieram parar pela difusão natural, está latente no texto, embora se possa dar uma informação mais completa ou pelo menos mais explícita. Não queres dar uma contribuição e escrever o que tens exactamente em mente?!...

Aproveito para corrigir/completar a informação na minha mensagem anterior. Durante o ano de 2008 Portugal só deve produzir notas de 5€. Fiz um pequeno apanhado das dados do BCE, que podem ser consultados na totalidade aqui, das notas que Portugal tem produzido de 2002 para cá:

Ano de produção: Denominação --> BCN responsáveis pela produção
2008: €05 --> DE, ES, FR, PT
2007: €20 --> GR, ES, FR, IE, IT, PT, FI
2006: €20 --> DE, ES, FR, IT, PT
2005: €20 --> ES, FR, NL, PT, FI
2004: €20 --> FR, PT
2003: €20 --> DE, ES, FR, NL, PT
2002: €05 --> FR, NL, AT, PT

Aparentemente isto refere-se às notas produzidas já depois da entrada do euro em circulação. Não procurei os dados referentes às notas produzidas antes da entrada em circulação. Foi por causa destes dados que disse estranhar o 95%. Será que antes de 2002 Portugal produziu todas as notas pequenas de que ia precisar? Isto porque no início de 2002 ainda não havia influência da difusão, apenas havia, evidentemente, entrada em circulação...

User avatar
diogocanilho
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 3328
Joined: Tue Dec 12, 2006 12:42 pm
Location: Mealhada, Portugal
Contact:

Post by diogocanilho » Wed Feb 20, 2008 3:05 pm

O parágrafo que mudaste penso que está melhor (apesar de estar em vermelho :D ), e é suficiente. Todos sabemos que nestas coisas, eles (dos meios de comunicação social) vão cortar muita coisa, por isso acho que não vale a pena colocar mais informação!
Toda esta discussão poderá continuar aqui pelo fórum, evidentemente.
Vou tentar mandar o artigo hoje à noite! Seria excelente conseguir publicar isto num site conhecido, para poder haver ligação directa para o EBT, por isso vou mandar o artigo para o sapo e agência lusa, primordialmente, posteriormente mandarei para outros órgãos.
Um abraço!
***************************************
EDIT: (14.25) Já enviei o artigo para a comunicação social. Foi mais fáciul do que pensava porque como já tinha outros artigos, descobri facilmente os endereços! Se houver novidades, ponho-vos ao corrente. Se tudo correr bem, nem será preciso dizer nada pois vocês notam na chegada de novos utilizadores!
Vamos lá ver se vou ter a mesma sensação daquela noite de Outubro quando o EBT foi referido na RTPN :D (por falar nisso também mandei para o Daniel Catalão!)

User avatar
Castanhola
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 5367
Joined: Sat May 27, 2006 11:47 pm
Location: Coimbra, Portugal
Contact:

Post by Castanhola » Wed Feb 20, 2008 11:03 pm

MetalAtog wrote:Usando o site dos ctt não é complicado descobrir a rua Image
Castanhola wrote:Isso já eu fiz em tempos, na altura da nossa guerrinha. Comecei a construir um mapa de aniquilação nuclear, mas depois acabei por abandonar o projecto... penso que até publiquei algures aqui pelo fórum a dita-cuja localização... :mrgreen:
MetalAtog wrote:Por abandonar o projecto queres dizer que foste completamente dizimado :mrgreen:
Não propriamente... Foi nessa altura que decidi que vos ia dar a coça da vossa vida e não é que dei mesmo... :mrgreen: Prometi então que ia enviar o vídeo do evento e comecei a produção, mas entretanto o trabalho começou a apertar e acabei por não ter disponibilidade para terminar a obra em tempo útil... E algum tempo depois lá fui então completamente dizimado... :?

User avatar
suntzu
Euro-Master
Euro-Master
Posts: 3620
Joined: Tue Jul 03, 2007 7:44 pm

Post by suntzu » Wed Feb 20, 2008 11:11 pm

RESERVADO

Se a conversa azedar utilizo este post que está mesmo a jeito
:flag-pt: :flag-fi: :flag-fr: :flag-si: :flag-nl: :flag-de: :flag-at: :flag-es: hitting since March 2007
Anti-Stress Game

Post Reply

Return to “Discussão do site e de euro-tracking (Português)”